quarta-feira, 18 de novembro de 2009

O teu olhar



O teu olhar se perde
Em outro olhar, que não é meu.
Ando triste, sinto o vazio
Dos olhos que eram meus.
Não nego, que desprezei
O olhar a mim sincero?!
Achando que era sério
No entanto, eu errei.
Quantas vezes já te dei
Provas do meu amor
E você, insatisfeito
Sempre me magoou.
Talvez eu seja boba
Ficando a esperar
Acabar aquele encanto
Que enganava o teu olhar.
Brilha intensamente,
Ou apague, lentamente
Matando aquele amor
A ti fiel, eternamente.

Nenhum comentário: